Temperatura Piscinas


Newsletter

Cadastre-se e receba notícias no seu e-mail

Cadastre-se e receba notícias no seu e-mail

Notícias e Destaques

COMUNICADO
Redução da Taxa de Mensalidade

CAROS ASSOCIADOS,

 

1. Após o encerramento do mês de abril e observando-se a análise da receita adquirida; a majoração da inadimplência; a redução das despesas ocorridas; a previsão das despesas para o mês de maio e os desdobramentos das Medidas Provisórias referentes ao enfrentamento do estado de calamidade pública decorrente do coronavírus (COVID-19), além de outros aspectos pertinentes, foi definida a redução de 10% na taxa de manutenção para o mês de maio, priorizando-se: a conservação do efetivo de Funcionários do Clube, sem prejuízo de seus salários; uma redução do saldo de conta do CMC que não seja imprudente ou temerária para a sua saúde financeira e contribuir com o Quadro Social, com o possível na redução do valor da taxa de manutenção mensal, dentro da conjuntura apresentada, considerando os dados consolidados pelo Departamento Financeiro.

 

2. INFORMAÇÕES
a. Diminuição das receitas do CMC e taxa de inadimplência do mês de abril
1) As receitas do mês foram reduzidas, conjecturando-se a suspensão de diversas taxas de serviço, como as da academia de musculação, spinning e todas as escolinhas de esporte, assim como os valores mensais das diversas cessões de uso, como os restaurantes (Cabana, Ponto de Encontro, Bar do Bosque, Bar da Piscina), salão de beleza e professores terceirizados de diversas modalidades. Somam-se a isso os recursos não absorvidos pelo aluguel dos salões sociais (Golden Room, Cabana, Bar do Bosque). A diminuição dessas receitas gerou um impacto de 13% na arrecadação do Clube.
2) O percentual relativo à inadimplência saltou para 16%, sendo bastante significativo, o que totalizou uma redução de 29% na receita do CMC.

b. Redução das despesas no mês de abril
1) As despesas do Clube foram reduzidas pela supressão praticamente completa dos eventos sociais, culturais e esportivos.
2) Os gastos do departamento de recursos humanos, os quais representam a grande parte das despesas do CMC (cerca de mais de 60%) foram pouco reduzidos, considerando ter a diretoria decidido pela manutenção plena não só do emprego como também dos salários de todos os Funcionários, sendo a redução de despesa relativa a esse departamento praticamente a economia referente à alimentação e vale-transporte da parte significativa de Colaboradores que tiveram as férias antecipadas pela MP 927/2020, assim como a inexistência das horas-extras do efetivo que labutou no mês de abril.
3) No departamento administrativo, responsável por cerca de 20% das despesas do CMC, houve economia nos itens de combustível e lubrificantes,
material de expediente, energia, água, material de limpeza, correios, artigos de copa, cozinha e gêneros alimentícios, entre outros itens.

c. Conclusão parcial
1) A perda de arrecadação total do CMC foi de cerca 29%, somando-se a inadimplência de 16% e a redução de arrecadação de cerca de 13% do Clube com as atividades e serviços e prestados.
2) Por outro lado, foi possível economizar aproximadamente 30%, referente à diminuição das despesas gerais do Clube.
3) Dessa forma, não houve uma economia relativa no mês de abril, pelo fato de o Círculo Militar estar fechado para a utilização do Associado, de modo que essa economia pudesse ser efetivamente repassada ao usuário.

d. Previsão da situação para o mês de maio
1) Apesar do cenário incerto, o Clube aumentou a Força de Contingência para trabalhar no mês de maio, considerando a possibilidade de haver a reabertura a partir do dia 11, e também com a necessidade de reforçar a manutenção integral de todo o seu patrimônio, como os campos de futebol, todas as quadras e arenas desportivas, conjunto aquático e as edificações e áreas verdes/jardins de maneira geral, o que já reduzirá, de alguma maneira, parcela da economia da área administrativa no mês em curso.
2) Em contrapartida, a previsão da receita estará diminuída de 10%, por causa da redução da taxa de manutenção concedida e somada, certamente, a um novo “prejuízo” no mês de maio, produto da queda da receita do clube relativa à arrecadação das diversas taxas de serviço (cerca de 13%) e o provável índice de inadimplência do mês de maio.
3) Ressalta-se que o CMC irá utilizar a MP 936/2020 com parte do seu efetivo no mês de maio, com o objetivo de usufruir do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, podendo o resultado desse artifício ser também contabilizado para a apuração de uma nova avaliação do cenário no mês subsequente.

e. Referenciação com outros Clubes congêneres da cidade de Campinas
1) Alguns Clubes da cidade de Campinas vêm aplicando redução da taxa de manutenção para os seus Associados e outros têm mantido essa taxa inalterada.
2) Ressalta-se também que alguns Clubes de semelhante estatura do CMC na cidade de Campinas já anunciaram um percentual de redução da mensalidade diferente à do Círculo Militar, pois, logicamente, cada Clube tem as suas características de gestão financeira próprias. Salienta-se que, normalmente, esses Clubes têm taxas de manutenção mensais diferenciadas (em média, em torno de 20% a maior do que a do CMC) e por isso talvez
tenham condições distintas de aplicar um percentual de desconto da taxa mensal superior à do nosso Clube.
3) Ilustrando, Clubes da envergadura do CMC que irão aplicar por exemplo um desconto de aproximadamente 20% em suas mensalidades ainda continuariam com a sua taxa de manutenção “reduzida” com valores semelhantes ou mesmo superiores à mensalidade “cheia” do CMC.

3. CONCLUSÃO
Considerando os parâmetros já explicitados, o desconto na taxa de manutenção do CMC de 10% possibilitará manter o seu Quadro de Funcionários com os seus empregos e salários assegurados por enquanto; permitirá uma redução da taxa de manutenção, mesmo que talvez não muito significativa em termos absolutos, mas o possível no momento, em benefício do Associado.
Ressalta-se que o vencimento para o pagamento do mês de maio será estendido do dia 15 para o dia 22 de maio.
Enfatiza-se que serão feitos os estudos e a avaliação de um novo percentual de desconto para o próximo mês, que poderá ser à maior, na medida em que a taxa de inadimplência possa ser recuperada pelos seus Associados. Ou seja, quanto menor for a inadimplência, maior será o desconto aplicado.
Afirma-se que a presente análise foi feita baseada nos dados disponíveis realísticos existentes, com o objetivo de esclarecer, de maneira transparente e imparcial ao Quadro Social a situação vigente, além de procurar manter a harmonia e renovar os votos de confiança e a esperança de que em breve o CMC reabrirá, com toda a sua pujança e o seu entusiasmo para atender aos interesses, anseios e demandas dos seus Associados.
Por fim, neste momento de apreensão, angústia e desassossego, o Círculo Militar solicita a compreensão e conta com a colaboração de todos os Circulistas para que possamos ultrapassar este período inédito dentro de um clima de tolerância, paciência, paz e tranquilidade de que todos nós desejamos e merecemos.

 

A DIRETORIA EXECUTIVA

Um grande
Clube